ROTUNDA


CALGULA

Joo Caldas

O imperador de Roma: consideraes existenciais e humanistas



Calgula, imperador tirano e imperador-artista na definio do diretor Gabriel Villela, deixou um legado humanidade que merece ateno. o que prova a pea Calgula, de Albert Camus (1913-1960), que cuida de esmiuar a trajetria do imperador romano para alm das proverbiais extravagncias e crueldades e estria no dia 28/11 no Teatro Paulo Autran (Sesc Pinheiros). Thiago Lacerda o protagonista.

O mergulho de Calgula no caminho das possibilidades humanas principia com a morte de sua irm e amante, quando toma conscincia da prpria condio efmera. O imperador de Roma conhece a solido no primeiro ato. No segundo, no exerccio do poder, aprofunda sua relao com os outros homens sob o argumento de que a liberdade real no possui limites. Experimenta a sensao de igualar-se aos deuses e de super-los no terceiro. No ltimo cria um dilogo com a morte.

Ao lado de Jean-Paul Sartre (1905-1980), Camus popularizou na Frana o chamado drama filosfico investigaes sobre a situao do homem contemporneo num mundo complexo, de que interpretaes simples no do conta. Camus escreveu romances (O Estrangeiro, A Peste, A Queda), ensaios (O Mito de Ssifo) e peas (O Mal-Entendido, Calgula, Estado de Stio, Os Justos). Abaixo, entrevista com Villela concedida por e-mail.


Escrito por Mauro Fernando s 16h17
[ ] [ envie esta mensagem ]


CALGULA

Joo Caldas

Thiago Lacerda e Magali Biff: liberdade irrestrita



ROTUNDA Qual sua motivao para encenar Calgula?
GABRIEL VILLELA Calgula, O Mito de Ssifo, O Mal-Entendido e Estado de Stio foram textos que estudamos nos primeiros anos de ECA-USP. Meu colega de classe William Pereira fez uma belssima montagem do sombrio O Mal-Entendido. Apaixonamo-nos pelo Camus no coletivo. Como sou capricorniano e teimoso, esperei duas dcadas para fazer essa montagem.

ROTUNDA H coincidncias entre o momento histrico em que ela foi escrita e os tempos atuais?
VILLELA Sob o ponto de vista mtico (o mito de Ssifo), no h novidades, tudo se repete, como uma monotonia musical.

ROTUNDA De que trata a pea?
VILLELA um texto alegrico com textura realista, mas trata da profunda dor humana que de nascer, crescer, morrer e no conseguir ser feliz.

ROTUNDA Ela fala sobre liberdade ou autoritarismo?
VILLELA Em vrios momentos ela trata do tema liberdade sob as vistas do imperador tirano.

ROTUNDA uma especulao sobre a presena do homem na terra?
VILLELA Tenho a impresso que sim. Alis, toda pea de teatro que conheo trata desse tema.

ROTUNDA A solido proveniente da perda do ser amado, o exerccio do poder, o sentimento (irreal ou no) de ser uma divindade e a morte como alvio para o tdio so assuntos abordados na pea?
VILLELA So estes os principais temas sugerido pelo Camus, mas a morte no alvio pro nosso imperador-artista, s o recomeo. Ele (Calgula) encerra a pea, depois de morto e brutalmente assassinado por Chereas, erguendo-se e dizendo Ainda estou vivo...

ROTUNDA Calgula pode ser considerado teatro de tese? Camus converte o palco em instrumento de afirmaes poltico-sociais?
VILLELA No posso afirmar que teatro de tese porque seria to chatinho se fosse... Mas uma pea sobre um suicida superior. um teatro de idias, como as obras gregas revisitadas por Sartre no mesmo perodo.

ROTUNDA Onde entra a questo tica em Calgula?
VILLELA A tica histrica reporta-se Roma pag. Mas as reflexes existenciais e humanistas dizem respeito Europa de duas grandes guerras mundiais. o mundo da poesia de olho no cogumelo atmico de Hiroshima.

ROTUNDA uma pea otimista ou pessimista? Por qu?
VILLELA uma pea niilista.

ROTUNDA A montagem apresenta o texto original, em quatro atos?
VILLELA Sim, com pequenos cortes e sem intervalos. So 90 minutos de espetculo.


CALGULA. De Albert Camus. Traduo de Dib Carneiro Neto. Direo de Gabriel Villela. Com Thiago Lacerda, Pascoal da Conceio, Magali Biff, Rodrigo Fregnan, Pedro Henrique Moutinho, Jorge Emil e Ando Camargo. No Teatro Paulo Autran (Sesc Pinheiros). Rua Paes Leme, 195, So Paulo, SP. Fone (11) 3095-9400. Sextas e sbados, s 21h, e domingos, s 18h. R$ 5 a R$ 20. De 28/11 a 21/12/08 e de 08/01 a 22/02/09.


Escrito por Mauro Fernando s 16h11
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histrico
08/11/2015 a 14/11/2015
01/11/2015 a 07/11/2015
18/10/2015 a 24/10/2015
11/10/2015 a 17/10/2015
04/10/2015 a 10/10/2015
27/09/2015 a 03/10/2015
20/09/2015 a 26/09/2015
13/09/2015 a 19/09/2015
21/06/2015 a 27/06/2015
05/04/2015 a 11/04/2015
22/03/2015 a 28/03/2015
15/03/2015 a 21/03/2015
09/11/2014 a 15/11/2014
19/10/2014 a 25/10/2014
21/09/2014 a 27/09/2014
14/09/2014 a 20/09/2014
27/07/2014 a 02/08/2014
29/06/2014 a 05/07/2014
22/06/2014 a 28/06/2014
15/06/2014 a 21/06/2014
08/06/2014 a 14/06/2014
01/06/2014 a 07/06/2014
25/05/2014 a 31/05/2014
18/05/2014 a 24/05/2014
11/05/2014 a 17/05/2014
04/05/2014 a 10/05/2014
27/04/2014 a 03/05/2014
13/04/2014 a 19/04/2014
06/04/2014 a 12/04/2014
30/03/2014 a 05/04/2014
23/03/2014 a 29/03/2014
16/03/2014 a 22/03/2014
09/03/2014 a 15/03/2014
17/03/2013 a 23/03/2013
03/02/2013 a 09/02/2013
20/01/2013 a 26/01/2013
13/01/2013 a 19/01/2013
23/12/2012 a 29/12/2012
16/12/2012 a 22/12/2012
09/12/2012 a 15/12/2012
25/11/2012 a 01/12/2012
18/11/2012 a 24/11/2012
26/08/2012 a 01/09/2012
27/05/2012 a 02/06/2012
31/07/2011 a 06/08/2011
05/06/2011 a 11/06/2011
15/05/2011 a 21/05/2011
01/05/2011 a 07/05/2011
20/03/2011 a 26/03/2011
06/02/2011 a 12/02/2011
16/01/2011 a 22/01/2011
07/11/2010 a 13/11/2010
24/10/2010 a 30/10/2010
15/08/2010 a 21/08/2010
01/08/2010 a 07/08/2010
25/07/2010 a 31/07/2010
18/07/2010 a 24/07/2010
04/07/2010 a 10/07/2010
27/06/2010 a 03/07/2010
10/01/2010 a 16/01/2010
18/10/2009 a 24/10/2009
11/10/2009 a 17/10/2009
27/09/2009 a 03/10/2009
16/08/2009 a 22/08/2009
02/08/2009 a 08/08/2009
14/06/2009 a 20/06/2009
03/05/2009 a 09/05/2009
22/03/2009 a 28/03/2009
15/03/2009 a 21/03/2009
08/03/2009 a 14/03/2009
01/03/2009 a 07/03/2009
22/02/2009 a 28/02/2009
15/02/2009 a 21/02/2009
08/02/2009 a 14/02/2009
18/01/2009 a 24/01/2009
04/01/2009 a 10/01/2009
14/12/2008 a 20/12/2008
07/12/2008 a 13/12/2008
30/11/2008 a 06/12/2008
23/11/2008 a 29/11/2008
16/11/2008 a 22/11/2008
09/11/2008 a 15/11/2008
02/11/2008 a 08/11/2008
26/10/2008 a 01/11/2008
17/08/2008 a 23/08/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
25/05/2008 a 31/05/2008
18/05/2008 a 24/05/2008
11/05/2008 a 17/05/2008
30/03/2008 a 05/04/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
16/03/2008 a 22/03/2008
09/03/2008 a 15/03/2008
30/12/2007 a 05/01/2008
11/11/2007 a 17/11/2007
02/09/2007 a 08/09/2007
26/08/2007 a 01/09/2007
19/08/2007 a 25/08/2007
15/07/2007 a 21/07/2007
08/07/2007 a 14/07/2007
01/07/2007 a 07/07/2007
03/12/2006 a 09/12/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
22/10/2006 a 28/10/2006
15/10/2006 a 21/10/2006
01/10/2006 a 07/10/2006
24/09/2006 a 30/09/2006
17/09/2006 a 23/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
13/08/2006 a 19/08/2006
06/08/2006 a 12/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
16/07/2006 a 22/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
04/06/2006 a 10/06/2006
28/05/2006 a 03/06/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
12/02/2006 a 18/02/2006